21.7.12

Entrevista com André Assaife "Maluquinho"

Aloha galera!!!

Então, hoje é dia de entrevista, e hoje vamos ter a honra de entrevistar André Assaife, ou melhor, o André Maluquinho para quem conhece.


André Assaife "Maluquinho" tem 39 anos e escala desde 1988, atualmente trabalha na empresa "Tá na Pedra Esportes de Aventura" e escalador industrial. Está também cursando Geografia na Faculdade Simonsem.


Como e quando começou a escalar?
Comecei a escalar em 1988 na Reserva Florestal do Grajaú tinha 3 escaladores na pedra básica. Nelsinho , Luciano”lula”e o Paulo Macaco, pedi a eles pra tentar me colocaram o bouldier e não parei mais.

Qual a sensação de ter escalado com o Paulo Macaco, um dos maiores escaladores brasileiros?
Escalar com o Paulo,sem dúvida é aprender e se divertir muito.


Como começou a conquistar vias e boulders? Por que conquistar?
Conquistas de paredes fiz poucas, abri mais bouders. Conquistar é a possibilidade de você transformar algo em realidade.

Qual foi a conquista mais difícil? E qual mais curtiu fazer?
Bem a mais difícil foi o "Esgotão" no Pão de Açúcar junto com o Pita e o Hilo e a que eu mais curti ainda não terminei se chama "Presente de Deus" no Grajaú

Para você, qual o melhor lugar para escalar no Brasil?
Pra mim são todos, e qualquer modalidade. Escalar é que nem respirar, se parar destrói seu corpo todo. Especificar um só lugar é muito difícil, até porque a escalada hoje tem diversas modalidades.


Qual via mais punk já mandou?
De boulder "Esquisito" na Urca e via "Heróis da Resistência" e "Migalhas Indecentes".

Você acredita no que dizem que “quem escala no Grajaú escala em qualquer lugar do mundo”?
Acho que quem realmente treina escalada, escala em qualquer lugar basta estar preparado, mas sem dúvida dá uma ótima base.

Qual foi a via mais difícil que já solou?
Com 15 anos solei a "Yosemite" no Grajaú e a "12 de Fevereiro". "Passa tempo Face Norte", "P3", "Iemanjá", "Atlanta", "Italianos", "Italianos com Secundo", "Coringa", "Urso de Pelúcia", "Arco-Íris", "Azul", "Três Patetas", "K2" ,"Reinaldo Beiken", "Cerj", "Chaminé Stop", "Galotti", leste no dedo de Deus e "Blackout".


Alguma roubada solando?
Sim uns dois anos atrás solei a "Iemanjá" com "Atlanta", junto com o Formiga e o Nilton Campos. Eles já tinham feito três vezes. Sabendo disso pedi pra ir no meio , logo na segunda enfiada o Nilton me passou e os dois sumiram, fui seguindo os mag kkkk!!!! Olhava pra cima e não via mais ninguém, aí falei comigo mesmo, "mantenha a calma, você escala bem e tá acostumado a isso" com intenção de me acalmar. O crux de agarrinhas falei pro Formiga "dei a passada pra salvar minha vida"!!! Que adrena, mas no fim tudo certo.

Você fez o guia da Reserva do Grajaú, pensa em atualizá-lo, refazê-lo?
Com certeza a segunda edição já está quase pronta.


Que dica você pode dar para quem quer fazer os boulders que conquistou na Reserva? Força, técnica, ou mão de pedreiro (rs) ?

A dica é treinamento e boa alimentação.

Fala aí, quando o Artur vai começar a escalar (rs)? Já tem planos?
Po meu filho é incrível é uma bençao em minha vida, vou fazer de tudo pra ele gostar. Quando ele fizer três meses vou começar a levá-lo às montanhas!!!

André, obrigado pela entrevista e parabéns pelo garotão!
Valeu!!!!

É isso aí galera!
Por hoje é só, semana que vem tem mais entrevista!
Abraços e boas escaladas!